Jurisdicionada à Sereníssima Grande Loja do Estado de São Paulo

biblioteca - artigos e trabalhos


Carta de São Paulo - CMSB 2015

CMSB 2015
A.'.R.'.L.'.S.'. 31 de Março Nº 152


À G.'.D.'.G.'.A.'.D.'.U.'.

CARTA DE SÃO PAULO

A Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil — CMSB, instituição que congrega as Grandes Lojas Maçônicas de todos os Estados brasileiros e do Distrito Federal, reunida na XLIV Assembleia Geral Ordinária, no período de 09 a 13 de julho de 2015, em São Paulo/SP, atenta aos problemas que afetam a sociedade brasileira, fiel à vocação histórica da Ordem Maçônica e consciente de sua capacidade de contribuir no combate à corrupção e à impunidade, que se apresentam como dos mais perversos males da atualidade, torna público que: as Grandes Lojas Maçônicas do Brasil trabalharão, veemente e incansavelmente, no âmbito de suas jurisdições, em parceria com outras instituições da sociedade civil organizada, na busca da moralidade pública, da probidade administrativa e da ética na política; nesse sentido, destaca-se que o Projeto de Lei de iniciativa popular denominado “Corrupção Nunca Mais!”, lançado recentemente pelas Grandes Lojas Maçônicas brasileiras, cujo objetivo primordial é neutralizar a corrupção e erradicar a impunidade, contará com o empenho incondicional de todas as Grandes Lojas a fim de cumprir a etapa de coleta de assinaturas, para que seja o mesmo regularmente entregue à Câmara Federal visando sua conversão em lei; neste momento é necessário o engajamento dos cidadãos brasileiros nessa cruzada do bem, participando diretamente na campanha de coleta de assinaturas e, posteriormente, fazendo injunções perante os parlamentares; inobstante, apoia iniciativas de instituições e autoridades públicas voltadas à prevenção e punição de toda e qualquer conduta imprópria de agentes públicos e privados.

Por fim, torna-se imprescindível a plena adesão ao projeto “Corrupção Nunca Mais!”, registrando-se votos de louvor às atividades judicantes desempenhadas pelo Juiz Sérgio Fernando Moro, aliadas às ações do Ministério Público e da Polícia Federal, de conhecimento público e notório, que vêm demonstrando combate efetivo, destemido e exemplar às práticas de corrupção, merecendo, por isso, apoio irrestrito da sociedade brasileira e em especial da Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil. 



São Paulo-SP, em 13 de julho de 2015. 


RONALDO FERNANDES
Grão-Mestre da Grande Loja Maçônica do Estado de São Paulo e Presidente da XLIV CMSB

ETEVALDO BARCELOS FONTENELE - PGM
Secretário Geral da CMSB